in

Cientistas estão perto de encontrar o “Gene da Ressaca”

Aqui está uma boa notícia para quem costuma exagerar na comemoração do Ano Novo e beber um pouco (ou muito) a mais: a ciência está cada vez mais próxima de identificar os mecanismos que tornam o nosso organismo mais tolerante ao álcool, e portanto mais vulnerável a uma ressaca depois do consumo exagerado da substância.


Algumas pesquisas apontam para possibilidade de criar um novo tipo de bebida alcoólica, capaz de proporcionar apenas efeitos positivos – sem ressaca e sem dependência.

Duas cientistas descobriram um gene que parece ser crucial para a resistência ao álcool. Elas baptizaram o pedaço de DNA com o sugestivo nome de “hangover” (ressaca, em inglês). Para encontrar o gene,foram submetidas umas moscas a um teste de resistência alcoólica. Os insectos eram colocados numa série de plataformas e expostos ao álcool em forma gasosa.

Algumas moscas caíam mais rápido na plataforma mais baixa, totalmente bêbadas, enquanto outras aguentavam mais tempo. As pesquisadoras descobriram que as drosófilas mais “fracas” diante da bebida tinham justamente o gene hangover desligado.

Fonte: G1 Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *