in

Mulher que derrubou pelotão da Volta a França é procurada pela polícia

PUB

A organização do evento vai processar a espectadora que provocou a queda do ciclista Tony Martin, um dos favoritos, e, consequentemente, de mais de 40 atletas do grupo que iam à frente do pelotão, na primeira etapa da corrida de sábado, entre Brest e Landerneau

No entanto a mulher está em paradeiro incerto e é procurada pelas autoridades francesas, que já pediram a colaboração à sociedade civil para a identificar.

A mulher está acusada de violar deliberadamente as normas de segurança e causa lesões que podem obrigar a uma baixa laboral de três meses a um ciclista. A multa pode ascender aos 15.000 euros e a pena pode ir até um ano de prisão.

Nos vídeos daquele momento, pode ver-se que ela que segurava uma placa com a frase “ALLEZ OPI-OMI!” (termo afetuoso dos alemães para os avós), colocou-se em frente ao atleta para conseguir aparecer na televisão, que perdeu o equilíbrio e desencadeou uma queda de vários ciclistas em cadeia. Vários espectadores e participantes na Volta a França ficaram feridos.

PUB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Assim se rouba um telemóvel mesmo à frente do teu nariz

Vídeo de uma ida à praia em 1899 é restaurado em 4K e torna-se viral