in

Sinel de Cordes ataca rappers e humoristas: “Vocês são uns cobardes”

O rapper Valete lançou o videoclipe da sua nova música “BFF”, que acabou por criar bastante polémica na Internet.

O vídeo, que usa a técnica de “storytelling” para contar a história de um homem que chega a casa e encontra a mulher na cama com o melhor amigo, resultou num coro de criticas de algumas figuras públicas, instituições feministas e até humoristas (como Diogo Faro) por, alegadamente, promover a violência doméstica.

Podes ver o vídeo da música aqui:

O cantor Valete reagiu em vídeo e desvalorizou as críticas, dizendo que vieram de pessoas que “não respeitam o rap artisticamente”.

A polémica continua e ontem foi a vez de Rui Sinel de Cordes, o rei do humor negro em Portugal, entrar na discussão.

O humorista, que várias vezes viu a sua liberdade de expressão condicionada, partilhou um vídeo onde se dirige a toda a comunidade artística, dizendo que são uns cobardes por não reagirem ao que está a acontecer.

“Nas últimas horas, vi músicos defender que certas temáticas deviam ser proibidas nas letras de outros músicos. Vi atrizes de telenovela afirmarem que violência doméstica não deveria aparecer assim numa música. Deixem-me pôr as coisas bem claras para vocês: uma atriz que diz que violência doméstica não devia ser retratada noutra forma de arte é o mesmo que o Hitler dizer: ‘Olha aí, não digas preto’. Na novela a violência doméstica é prevenção e no hip-hop é incentivo? Decidiu quem?”, perguntou.

As crianças mais incríveis que participaram no Got Talent

YouTuber goza com os convidados da Gala dos Globos de Ouro