in

Condutor recusa-se a transportar passageira que fez comentários racistas

Na Pensilvânia, nos EUA, um condutor da Lyft registou o momento em que expulsou uma passageira após ouvir comentários racistas.

Assim que viu o condutor a passageira disse “uau um homem branco”, comentado ainda que era “uma pessoa normal”. O condutor mostrou tolerância zero para os comentários proferidos pela passageira e ordenou que saísse do carro. Mesmo reagindo de forma educada o condutor ainda foi ameaçado.

Tanto a Lyft, como a Uber, entre outras empresas do ramo, já declararam anteriormente que nas suas viagens existe tolerância zero para o racismo.

VÊ TAMBÉM: Motorista da Uber surpreende clientes com uma passageira super fofa

One Comment

Leave a Reply
  1. “Gente” (para não dizer animais) desta estirpe merecem todo o retorno que o universo lhes possa dar! De preferência, bem pesado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.