in

Alunos usam chapéus especiais e as secretárias divididas por acrílicos no regresso à escola na China

Os alunos do ensino básico e secundário regressaram esta segunda-feira às aulas em várias das maiores cidades da China, incluindo Pequim, Xangai, Hangzhou e Chongqing.

No país onde a pandemia começou em finais de 2019, mas onde a disseminação do vírus parece já estar controlada, as crianças e jovens estão a regressar às escolas sob fortes medidas de segurança, incluindo divisórias de acrílico instaladas nas secretárias dos estudantes.

O governo quer assegurar que não há um segundo surto da infeção. Por isso, todos os alunos estão obrigados a usar máscaras nas aulas e a cumprir o distanciamento social.

Alguns professores estão a adotar medidas adicionais para garantir que os alunos mantêm as distâncias mínimas. Imagens de uma escola em Chongqing mostram divisórias de acrílico montadas entre as secretárias dos alunos. Noutra escola, em Hangzhou, um professor determinou que todos os alunos deveriam usar um chapéu especial para ajudá-los a manter a distância de segurança.

Em Pequim, onde vivem mais de 20 milhões de pessoas, o regresso dos alunos que se preparam para o acesso à universidade incluiu o controlo de temperatura e a desinfeção de equipamentos.

Todos os alunos têm de exibir, à entrada das escolas, a aplicação governamental onde é mostrado o risco de estar infetado. Só os alunos com o código verde — menor risco — podem entrar.

Fonte: Observador

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gato de rua guia mulher até ao supermercado para que ela lhe compre comida (ela adotou-o)

GNR apanha 3 adultos e 1 bebé dentro de Smart Fortwo… e o condutor não tinha carta de condução