in

Homem que agrediu funcionária do café por causa de raspadinhas diz que o “copo lhe saltou da mão”

A PSP já identificou o grupo de clientes que agrediu uma funcionária da pastelaria Alegro, na Cruz de Pau, Seixal, provocando-lhe ferimentos na cabeça com o arremesso de um copo de vidro.

Aos agentes, um dos suspeitos garantiu que o copo lhe saltou da mão e que este não foi atirado à vítima com intenção. O caso ocorreu na manhã de quarta-feira.

A funcionária, que foi suturada com vários pontos na cabeça, estava a defender uma colega numa discussão com clientes, que exigiam que lhes fosse entregue uma raspadinha à mesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Presos pedem para sair da prisão com medo do coronavírus

Funeral deixa mais de 60 pessoas infetadas com Covid-19 em Espanha