in ,

Vídeos e fotos chocantes mostram a extrema magreza dos cães de João Moura

O cavaleiro João Moura, de 59 anos, foi esta semana detido por alegados crimes de maus tratos a animais de companhia, nomeadamente cães e cavalos. Os animais foram recolhidos pela Câmara Municipal de Monforte, para receberem cuidados veterinários. O veterinário que acompanhou a operação confirmou o estado subnutrido dos animais.

Após ser interrogado no Tribunal de Portalegre, João Moura foi constituído arguido e saiu em liberdade com Termo de Identidade e Residência.

“Alguns estavam magros, mas não os tratei mal. Agora vão instruir o processo e vai seguir para a frente. Já prestei as minhas declarações e estou em casa tranquilo e com a consciência tranquila. Não matei ninguém, não roubei ninguém, não tratei mal os meus cães“, comentou João Moura, em sua defesa.

A detenção surge após uma denúncia anónima que originou uma investigação levada a cabo pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Entretanto hoje, a GNR divulgou fotos dos 18 cães da raça galgo com sinais evidentes de subnutrição, resgatados ontem da herdade do cavaleiro, em Monforte.

As imagens falam por si!


One Comment

Leave a Reply

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Lembras-te do avião que aterrou de lado? O piloto era português!

Menino que implorou a morte após ser alvo de bullying na escola volta a sorrir graças ao apoio