in

Banco de Braga atende cliente “mal vestido” na rua e pede-lhe para “tomar banho” (Vídeo)

Um cliente do Santander foi atendido no meio da rua, depois de o gerente da dependência entender que o homem estava “mal vestido”. O Jornal de Notícias conta que o bancário deu ordens para o cliente sair da dependência de Celeirós.

E foi na rua que Paulo Ribeiro, de 36 anos, pôde levantar um cheque que lhe fora passado. “Eu vinha do trabalho e passaram-me um cheque de 169 euros. Como o banco fica no caminho, decidi ir levantá-lo”, relata ao JN o cliente do Santander, que revela ainda que foi “posto na rua por estar mal vestido”.

Paulo Ribeiro é dono de uma sucata e sente-se vítima de um caso de racismo, sendo que já apresentou uma queixa às autoridades. Até porque lhe foi negado o acesso ao livro de reclamações. O cliente explica que só lhe seria dado o livro “depois de tomar banho”.

“O gerente disse-me que só me dava o livro de reclamações depois de eu tomar banho e vestir outra roupa. Pensava que eu era romeno… Isto é racismo”, sustenta o homem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

“Enter Sandman” dos Metallica versão bossa nova num casamento

Rapaz assusta as pessoas dizendo que o fim do mundo começou!