in

Este parque de diversões vai bater 10 recordes mundiais com esta montanha-russa

Existem muitos parques de montanhas-russas no mundo, mas poucos se dedicam a ultrapassar os limites destas atracções como o Cedar Point, localizado em Sandusky, Ohio, EUA. E quando o parque inaugurar a sua nova montanha-russa – a Valravn Birdseye – em Maio de 2016, irá oficialmente bater 10 recordes mundiais de uma única vez.
Apesar de ser relativamente pequeno, o Cedar Point tem encontrado espaço no decorrer dos anos para criar algumas das montanhas-russas mais aterrorizantes nas quais poderia entrar.
Com um trajeto de mais de 1 km, a Valravn Birdseye continua essa tradição de bater recordes, com os seus 65 m de altura e uma queda inicial de 90¢ª que faz a montanha-russa atingir mais de 120 km/h.
Projectada e construída pela Bolliger & Mabillard, de Monthey, na Suíça, a Valravn Birdseye é a centésima montanha-russa que a empresa cria, e o Cedar Point baterá 10 recordes mundiais diferentes assim que entrar em funcionamento em 2016.
1. Montanha-russa de queda («dive coaster») mais alta (67 m)
2. Montanha-russa de queda mais rápida (120 km/h)
3. Montanha-russa de queda com trajecto mais longo (1 km)
4. Maior número de inversões numa montanha-russa de queda (três)
4. Maior queda numa montanha-russa de queda (65 m)
6. Maior inversão numa montanha-russa de queda (50 m)
7. Maior número de montanhas-russas com mais de 60 m de altura em um parque de diversões (5)
8. Maior número de brinquedos num parque de diversões (72)
9. Maior número de trilhos de ferro de montanhas-russas num parque de diversões (15,88 m de altura/15,93 km de distância)
10. Maior número de trilhos de montanhas-russas num parque diversões (18,32 m de altura/18,34 km de distância)

A maioria dos recordes serão batidos dentro de uma categoria, a de montanhas-russas de queda (ou dive coasters). Estas são fabricadas exclusivamente pela Bolliger & Mabillard, e têm pelo menos uma queda livre num ângulo de 90 graus:
Para quem não mora nos EUA, ou quem não aguentar esperar até 2016, o Cedar Point criou uma versão em realidade virtual da Valravn Birdseye, onde é possível vê-la no navegador ou usando um headset VR por um app que já está disponível para download.