in ,

Festejo Original: Vamos à Pesca

Roger Milla inovou no Mundial de 1990 realizado em Itália, ao festejar um golo de uma forma nunca antes vista. A mítica celebração da glória dos Camarões foi reutilizada ao longo do tempo e as várias formas de festejar um golo são, hoje, um ícone do futebol mundial.
Há quem dance, salte e até há quem faça publicidade quando insere a bola no fundo das redes, mas também há quem o faça de uma forma¿ muito original.
No fim-de-semana passado, um jogo do campeonato da Islândia ficará recordado, não pelo resultado, mas sim pela forma como os jogadores do Stjarnan festejaram o segundo golo da equipa contra o Fylkir (2-1). O avançado Bjornsson cobrou uma grande penalidade «à Panenka», algo que já é normal no futebol, mas, depois, deu asas, e linha, porque não, à originalidade.
O marcador do golo fez o papel de pescador e o defesa Johann Laxdal fez de peixe. O resultado final foi uma grande pescaria com direito a fotografia. Mas o melhor é mesmo ver as imagens deste hilariante momento de futebol.
maisfutebol.iol.pt

Enviado pelo Bruno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *