in

Ricardo Araújo Pereira fez a análise do caso “Separar galinhas dos galos”

Um grupo de ativistas espanholas, o “Almas Veganas“, recebeu atenção dos meios de comunicação, não propriamente pelo trabalho do grupo, mas pela particularidade de separarem das galinhas dos galos, para que estes “não as violem”.

Para o humorista, é um caso em que os defensores dos animais prejudicam a causa da defesa dos animais.

Fonte: TSF

ATIVISTAS VEGANS separam galos das galinhas para evitar que elas sejam violadas

Mãe mostra como o filho devido ao consumo de drogas