in

Taxista COBARDE fura pneu ao colega que não aderiu à greve contra a Uber

Por cá, ontem, houve uma manifestação dos Taxistas contra a presença da Uber em Portugal e apesar de muitos prestadores deste serviço terem aderido, houveram outros que continuaram a trabalhar lutando para ganhar o dia. No entanto houve uma (e mais situações), bastante desagradáveis durante a manifestação: Um taxista furou o pneu a um outro colega de forma extremamente cobarde. A internet está à procura dele… e com razão!
Ser fura-greves ou, pura e simplesmente, querer trabalhar, não deve implicar que sejamos ameaçados, agredidos ou que nos destruam um bem fundamental para o desenvolvimento da nossa actividade. Um, não são todos, alguns, continuam a não ser todos, mas a luta contra a Uber não pode pactuar com o crime. Afinal, quem será este cobardolas?