in

Vídeo mostra conflito entre taxistas e um Uber à porta do Aeroporto de Lisboa

Em Portugal, o ambiente entre taxistas e Uber está longe de pacífico. Imagens captadas junto ao Aeroporto de Lisboa por um estudante universitário mostram um grupo de taxistas a impedir um veículo UberBLACK, com uma jovem turista no seu interior, de avançar.
Foi Nikita Kaminskyy que gravou o momento e o partilhou no YouTube. Jovem de 20 anos, nascido no sul da Ucrânia, mas a viver em Portugal há mais de uma década, tinha acabado de aterrar em Lisboa vindo da sua terra natal quando presenciou o confronto. “Esta cena foi vergonhosa”, escreveu como comentário ao vídeo que publicou.

Logo após passar as portas de chegadas, apressei-me em chamar um UBER para mim, já que não estava disposto a pagar 20 euros por uma viagem que me iria custar 7.
De repente encosta ao meu lado um BMW série 5 (Uber Black) que uma rapariga estrangeira, também ela acabada de chegar, tinha chamado para ela, e pergunta se é para mim tendo eu respondido que não, já que o meu ia demorar cerca de 10 minutos.
Assim que a rapariga entra no carro, vários taxistas ali presentes metem-se à frente do carro impedindo desta forma o seu movimento e impedindo de igual forma que a rapariga fechasse a porta. Instaurou-se a confusão total: rapariga discute com velhos que não a deixam fechar a porta, outro taxista começa aos berros a chamar a polícia e os outros, desculpem a expressão, “abutres”. Certamente que a rapariga ficou com uma excelente primeira impressão de Portugal.
Posto isto, os senhores agentes limitaram se a fazer o seu trabalho de forma muito educada e rápida, identificando tanto o condutor como o passageiro.
Qual não é o meu espanto quando o principal interveniente desta história aborda me, já depois de a polícia chegar, e pergunta me se também estou à espera do Uber, tendo eu respondido afirmativamente e explicado o porquê da minha decisão. O mesmo, muito educadamente esticou-me a mão e cumprimentou-me, tendo de seguida avisado os seus amigos de que eu também estava à espera de um. Quando o meu carro chegou, a história repetiu-se: fomos ambos, eu e o meu condutor identificados pela PSP por questões formais, tendo o Sr. Agente, cujo nome não registei me dito que isto iria continuar a repetir-se até haver uma decisão final dos tribunais.
Isto tudo para dizer que as pessoas que governam o nosso país estão se completamente nas tintas para os seus cidadãos e para a evolução e que são todos uma valente merda (tal como alguns dos “abutres” que cometem crimes bem piores e que não são punidos).
NOTA: pouco tempo depois de dar o meu feedback sobre a VIAGEM a UBER entrou em contacto comigo, primeiro por mail e depois de lhes enviar o vídeo através do telefone, a perguntar se estava tudo ok e se podiam fazer alguma coisa por mim. Para além disso, recalcularam a minha viagem e em vez de pagar quase 8 euros, paguei 5.