in

Coca-Cola está a desenvolver a primeira garrafa sustentável de papel

Chama-se Avantium e é uma empresa holandesa da indústria química que desenvolveu uma garrafa à base de plantas e que promete decompor-se no prazo de apenas um ano.

A Carlsberg Group avançou mais um pouco na sua pesquisa para criar a primeira garrafa de cerveja de “papel” do mundo, feita a partir de fibras de madeira de origem sustentável, 100% biológicas e totalmente recicláveis.

A Green Fiber Bottle é totalmente reciclável e possui uma barreira interna que permite que as garrafas contenham a bebida. Numa das versões, a barreira interna é feita de uma fina película de polímero de PET reciclado, enquanto um revestimento de polímero de PEF de base 100% biológica foi usado na outra.

O grupo cervejeiro também anunciou uma parceria com outros gigantes mundiais, como a The Coca-Cola Company, The Absolut Company e L´Oréal, para formar uma comunidade de garrafas de papel.

O objetivo é unir empresas e especialistas com a visão de promover embalagens sustentáveis ​​e oferecer produtos de alta qualidade com um impacto ambiental reduzido.

Segundo Myriam Shingleton, vice-presidente da divisão de desenvolvimento de grupo da Carlsberg, as garrafas de fibra são mais ecológicas que o vidro ou o alumínio porque o material é de origem sustentável e tem um “impacto muito baixo no processo de produção”.

As primeiras garrafas ou embalagens feitas as partir deste bioplástico poderão aparecer nas prateleiras dos supermercados em 2023. Numa primeira fase, a Avantium prevê produzir cinco mil toneladas por ano, a partir de açúcar de milho, trigo ou beterraba.

Eis como funciona:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Foi meter gasolina na Galp no Barreiro e descobriu que esta contava sem sair combustível

O treino desta youtuber ao som de músicas dos anos 90 torna-se um sucesso