in ,

Chelsea adapta treino das jogadoras de acordo com o ciclo menstrual

A equipa de futebol feminino do Chelsea tornou-se na primeira equipa a adaptar os métodos de treino ao ciclo menstrual das atletas. O objetivo passa por prevenir lesões e melhorar o rendimento.

A adaptação do treino pode ter uma melhoria significativa na prevenção de lesões. Uma investigação concluiu que há uma relação entre lesões nos ligamentos cruzados anteriores do joelho e nos tecidos musculares e flutuações hormonais. O risco de lesão aumenta durante a fase menstrual.

Segundo o Jornal Notícias, as atletas podem também perder a coordenação e ter um forte apetite por alimentos processados, o que pode afetar o seu peso.

“O ciclo menstrual é um processo inflamatório e o excesso de inflamação pode resultar em lesão”, referiu Georgie Bruinvels, médica e criadora de uma aplicação que permite colocar informação acerca da saúde menstrual para posteriormente ser observada.

Esta adaptação do treino é algo inovador no contexto do futebol feminino. A iniciativa é da autoria da treinadora Emma Hayes, que começou a utilizar esta aplicação para monitorizar o estado de saúde das futebolistas.

“Nós somos mulheres e passamos, mensalmente, por algo muito diferente daquilo que os homens passam”, referiu Hayes, que revela ter percebido a necessidade de estudar este tema depois de uma final da Taça de Inglaterra frente ao Arsenal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Jeff Bezos vai doar 10 mil milhões de dólares em causas ambientais

Super Bock e Sagres juntas numa campanha GENIAL contra o RACISMO