in

Cláudio Ramos sai da SIC porque “não tinha contrato, nem subsídios”

A apresentadora Maya revelou que Cláudio Ramos tinha um vínculo precário com a SIC, onde esteve durante 18 anos, e que talvez por isso tenha aceitado fazer as malas e ir para a TVI.

Não é caso para ter pena ou deixar de ter, mas estas declarações tornam o mundo da televisão um pouco mais transparente. Nem tudo é fantástico e nem todos estão a ganhar milhões repletos de regalias.

A apresentadora Maya desvendou os bastidores do contrato de Cláudio Ramos com a SIC e garantiu que se a estação tivesse tratado o profissional de outra forma, ele não teria saído.

“A Cristina pode estar zangada com a direção da SIC que não salvaguardou o Cláudio Ramos. Ela é apanhada de surpresa só por uma razão: o Cláudio podia sair, não tinha contrato com a SIC. As pessoas percebam isto”, começou por explicar.

“O Cláudio tem 46 anos e não tinha um contrato. Ele não tinha direito a subsídio de férias, não tinha direito a baixas, não tinha direito a nada. Há uma série de pessoas na SIC que têm contrato com a estação e ele não tinha, era pago pelas produtoras. Por isso ele ontem pôde sair. Ele tem 46 anos e uma filha para criar”, disse a apresentadora esta terça-feira, 11 de fevereiro. “A SIC devia tê-lo tratado de outra maneira e não aconteceria esta saída”.

A amiga de Cláudio Ramos explicou que o apresentador saiu da SIC pelo desafio e que agora tem uma nova segurança. “Na verdade ele agora tem regalias, tem um contrato nas mãos. Dêem-lhe programa ou não, ele é pago. Ele recebe o ordenado ao fim do mês”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

João Loy (a voz do Vegeta do Dragon Ball) responde a YouTuber Brasileiro

Carne de vaca, chocolate e café são dos alimentos com maior pegada carbónica