in

“ESTE É O VÍDEO Que PRETOS AMAM mas os NEGROS ODEIAM”

O cantor e empresário Wesley Ros tornou-se tema de conversa ao partilhar um vídeo sobre racismo nas suas redes sociais.

Na publicação, ele defendeu que mais do que negro, ele é parte da raça humana e condenou os roubos registados nos Estados Unidos após protestos pela morte de George Floyd.

Ros também falou sobre o chamado discurso vitimista e protestou contra o preconceito causado pelo movimento negro.

“Eu não sou negro, eu sou preto! Preto, é cor, branco, é cor, vermelho, é cor, amarelo, é cor. Negro é um nome afro pra separar o preto do branco, pra dizer; o preto tem raça e o branco não. Qual a raça do branco? raça branca? e a do negro? Raça negra! Aqui começa o preconceito.”

A analogia que Ros utiliza sobre o pára-brisas e o retrovisor é bastante interessante. Assiste:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

A VERDADE sobre o “Pimp my Ride” da MTV

A Internet não está a saber lidar com a foto da Cristina Ferreira sem maquilhagem