in

Homem constipado pensa que está infetado com coronavírus e suicida-se para proteger a família

Balakrishnayya, de 50 anos, matou-se para proteger a família porque pensava que tinha coronavírus.

Apesar de não ter o vírus, o homem que vivia na vila de Srikalahasti, no estado indiano de Andhra Pradesh, estava convencido de que estava infetado depois de ter visitado um hospital local devido a uma doença cardíaca e ter recebido instruções dos médicos para usar uma máscara.

“Ele foi ao hospital para fazer um exame. Os médicos disseram-lhe para usar uma máscara… Ele entendeu tudo mal e achou que estava infetado com coronavírus”, disse o filho do homem de 50 anos, Balamurali.

Os membros da família tentaram, sem sucesso, explicar-lhe que não estava contaminado com coronavírus mas sim com uma constipação.

Segundo avançou o CM, Balakrishnayya trancou a família em casa e enforcou-se com medo de contaminar toda a família e todas as pessoas que viviam na vila onde morava com o vírus que já matou mais de mil pessoas na China.

Balamurali disse que o pai foi à Internet pesquisar os sintomas do vírus e ficou convencido de que estava com sintomas semelhantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Carne de vaca, chocolate e café são dos alimentos com maior pegada carbónica

Ângelo mostra cicatrizes após operação devido a alegada injeção de testosterona no rabo