in

Jovens detidos por praticarem parkour na Ponte 25 de Abril: escalaram 190 metros

Na passada segunda-feira, dia 25 de abril, um grupo de cinco jovens ingleses escalou até ao topo da torre do pilar 3, da Ponte 25 de Abril, que liga Lisboa a Almada.

Na mesma manhã a Polícia de Segurança Pública interceptou o grupo que escalou a ponte sem qualquer tipo de proteção.

Os jovens acabaram detidos e direcionados para um estabelecimento prisional, podendo agora responder por um crime de “introdução a lugar vedado ao público” (é proibido atravessar a pé a Ponte 25 de Abril).

Sem autorizações e sem qualquer tipo de ferramentas de segurança, fazem-no pela adrenalina e likes nas redes sociais.

Arriscam-se a responder pelo crime de introdução a lugar vedado ao público.

Entretanto enquanto aguardam julgamento alguns membros do grupo começaram a partilhar nas redes sociais imagens e vídeos da escalada.

Imagens partilhadas nas redes sociais mostram o momento em que os cinco ingleses, com idades compreendidas entre os 20 e os 24 anos, subiram ao topo da torre do Pilar 3 da Ponte 25 de Abril, em Lisboa.

Esta prática tem conquistado muitos admiradores, de várias idades, um pouco por todo o mundo. Na sua essência, tem os princípios de resistência e utilidade, resumidos no lema da modalidade “être et durer”, ou seja, “ser e durar”. Implica muito treino físico e mental para que os indivíduos possam realizar qualquer salto ou movimento (alguns bastante perigosos) sem receio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.