in

Mergulhadores portugueses reúnem milhares de garrafas para ajudar doentes com Covid-19

Segundo a TSF, a Federação Portuguesa de Atividades Subaquáticas (FPAS) conseguiu reunir junto de mergulhadores e empresas do setor pelo menos cinco mil garrafas de alta pressão, usadas na prática de mergulho recreativo e técnico, que podem ser utilizadas para armazenar misturas de ar enriquecido ou mesmo 100% oxigénio, ajudando doentes com Covid-19.

O vice-presidente da federação, Manuel Pavese, explica que tem bastado ligar às empresas e sócios e facilmente todos dizem que emprestam o que for preciso.

A ideia, já apresentada ao Ministério da Saúde, é usar as garrafas que são muito mais móveis que os sistemas tradicionais que fazem chegar o oxigénio aos doentes. Por exemplo, em situações de ventilação respiratória de pré-emergência, não invasiva, numa resposta que pode ser viável sobretudo nos hospitais de campanha que estão a ser instalados em várias regiões do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Portugueses desenvolveram um ventilador 25 vezes mais barato do que o normal

Ramalho Eanes pede aos “velhos” para cederem ventilador aos mais jovens