in

Mulher com cancro terminal recebe a melhor "flash mob" de sempre

Uma mulher de 56 anos chamada Amy tem lutado contra o cancro de avário desde outubro de 2012. Amy foi submetida a uma cirurgia e quimioterapia, mas um ano depois, em outubro de 2013, o médico informou-a que o cancro tinha voltado e este estava a ser resistente à terapia adicional.
Isso significava que o diagnóstico de Amy seria terminal.
Na semana passada, a filha organizou uma festa de aniversário para a sua mãe e convidou familiares e amigos (alguns de bem longe), para se juntarem. Apenas Amy não sabia nada sobre esta surpresa. Lentamente, os rostos familiares começaram a aparecer no quintal chegando a um total de 50 pessoas. Estes realizaram uma “flash mob” com a música “Best of My Love”.
Dá para sentir a alegria desta senhora. Lindo, lindo presente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *