in

“Navio de guerra russo, vão-se fod**” As últimas palavras dos ucranianos que morreram a defender ilha

Treze militares que defendiam ilha Zmiinyi, no Mar Negro, perderam a vida depois do bombardeamento de quinta-feira

Um soldado ucraniano não hesitou em responder aos militares russos que o ameaçaram durante o ataque à ilha Zmiinyi, no Mar Negro. Num áudio a que a CNN teve acesso, é possível ouvir aquelas que foram as últimas palavras do soldado ucraniano em resposta à ameaça de bombardeamento por parte de um navio de guerra russo.

“Isto é um navio de guerra. Isto é um navio de guerra russo. Sugiro que deponham as armas e se rendam para evitar derramamento de sangue e baixas desnecessárias. Caso contrário, serão bombardeados”, ameaçam os russos.

A resposta vinda da ilha Zmiinyi – também conhecida como Snake Island – não se fez tardar.

“Navio de guerra russo, vão-se foder”, afirmou o soldado ucraniano, naquelas que foram as suas últimas palavras.

A ilha foi bombardeada na quinta-feira, o que resultou na morte dos 13 militares defendiam os 48 quilómetros de território ucraniano.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky vai homenagear postumamente os guardas fronteiriços mortos pelas forças russas quando defendiam a ilha de Zmiinyi, no Mar Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.