in

Portugueses desenvolveram um ventilador 25 vezes mais barato do que o normal

Custa mil euros, é feito com materiais de distribuição de gás e pode ser usado em pacientes com Covid-19.

Como avança o jornal “Observador”, uma equipa de engenheiros e médicos portugueses criaram um ventilador mais simples e que também pode ser usado em doentes com o novo coronavírus.

Além de ser eficaz, é 25 vezes mais barato do que os normais: custa 1000€ — os tradicionais chegam aos 25 mil euros.

É também mais rápido de fabricar, sendo feito com materiais de distribuição de gás. Criado por físicos que já trabalharam em projetos do Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN) e engenheiros de uma equipa italiana de Fórmula 1, contou com o apoio do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

A iniciativa “é um claro resultado da capacidade acumulada em Portugal em sistemas de engenharia de elevada complexidade: o movimento de mobilização nacional em torno deste tema é impressionante e tem sido realizado em estreita colaboração com instituições médicas e a indústria”, disse à mesma publicação o ministro.

A ideia foi de Paulo Fonte, físico instrumentalista, professor no Instituto Superior de Engenharia de Coimbra e investigador no Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas (LIP). Queria conceber um conceito que permitisse criar mil ventiladores em quatro semanas, contou ao “Observador”.

Fonte: NIT

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Idosa morreu aos 90 anos após recusar ventilador e dizer aos médicos: “guarde para os mais jovens”

Mergulhadores portugueses reúnem milhares de garrafas para ajudar doentes com Covid-19