in

PSP procura rapariga que usava camisola da polícia no metro de Lisboa

A Polícia de Segurança Pública iniciou uma investigação para apurar as circunstâncias em que uma jovem teve acesso a uma farda antiga da Polícia.

A jovem em questão foi fotografada a utilizar a peça do fardamento da Polícia numa carruagem do Metro de Lisboa.

Agradecendo aos cidadãos que alertaram a PSP do sucedido, a polícia informou que foram iniciadas diligências de identificação da cidadã, com o intuito de confirmar se pertence ou não ao efetivo e saber onde obteve o fardamento em causa ou se, eventualmente, se trata de uma contrafação.

No comunicado, difundido no Instagram, a PSP lembra que o uso de fardamento policial, ainda que antigo (como parece ser o caso) não é permitido e pode mesmo constituir crime.

Ao Jornal de Notícias, fonte da PSP acrescentou que “dependendo do que for apurado”, pode estar em causa um processo criminal ou contraordenacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

One Comment