in

Elon Musk quer provas de como 6 mil milhões de dólares podem acabar com a fome no mundo

Há poucos dias, o diretor do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), David Beasley, disse à CNN que um pequeno grupo de indivíduos ultra-ricos como o dono da Tesla e o CEO da SpaceX, Elon Musk, poderia ajudar a resolver a fome no mundo com apenas uma fração de seu património líquido.

O património líquido de Musk agora está em $ 311 mil milhões graças a uma recente alta nas ações da TSLA que efetivamente tornam Musk o homem mais rico do mundo.

Pelas contas de Beasley, apenas 2% do património líquido de Musk poderiam resolver o problemas de fome no Mundo. Isso equivale a cerca de 6 mil milhões de dólares. “6 mil milhões de dólares dá para ajudar 42 milhões de pessoas que literalmente vão morrer se não as alcançarmos. Não é complicado”, disse o Diretor do PMA das Nações Unidas.

Musk respondeu agora a Beasley, dizendo que se a organização conseguir descrever exatamente como é que 6 mil milhões podem resolver o problema da fome, que vende imediatamente as ações da Tesla. A parte engraçada é que a resposta foi dada numa publicações que revela que em 2020, o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas conseguiu 8,4 mil milhões de dólares e não conseguiu acabar com a fome no mundo.

Musk ainda reforça que caso haja uma resposta positiva, que todo o processo terá de ser transparente para que todas as pessoas possam ver onde e como o dinheiro foi gasto.

Será que a fome no Mundo termina “atirando” dinheiro para as pessoas que mais precisam? Será que Musk vai resolver esse problema? Seria interessante ver um desenvolvimento nesta problemática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *