in

Garrafas de vinho português utilizadas para cocktails molotov contra as tropas russas

O Ministério da Defesa da Ucrânia aconselhou a população a fazer cocktails molotov para neutralizar os tanques russos que invadem o país desde quinta-feira. Entre centenas de garrafas de vidro, foram avistadas algumas portuguesas

Com o avanço das tropas russas na Ucrânia, vários foram os civis ucranianos que se mobilizaram para travar o avanço russo.

Alguns pegaram em armas e juntaram-se aos grupos paramilitares que defendem o país, outros construíram “ouriços”, objetos metálicos que causam obstáculo aos veículos militares, e outros construíram — e utilizaram — cocktails molotov.

Num vídeo divulgado pela Radio Free Europe/Radio Liberty, é possível ver, de entre as diversas garrafas utilizadas para fabricar as bombas incendiárias caseiras, uma garrafa de vinho português — mais especificamente, o vinho de Setúbal da Adega de Pegões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.