in

Mais de 500.000 contas do Zoom são vendidas em fóruns da dark web

Com milhões em quarentena em todo o Mundo, são muitos que usam os serviços da Zoom para comunicar com amigos, família ou para trabalhar. O problema é que tanta atenção na App despertou o interesse de Hackers e milhares de contas dos clientes foram partilhadas na Dark Web.

Como recorda o Techradar, a Zoom tem sido criticada devido às vulnerabilidades de segurança, o que obrigou a empresa a ‘congelar’ o lançamento de novas funcionalidades para se concentrar em fazer uma análise completa às falhas.

As contas estão a ser vendidas por menos de um cêntimo cada uma. As credenciais incluem o email ID da vítima, palavra-passe, o endereço da reunião, e a sua chave de acesso. Assim, qualquer hacker pode usar esta informação para bombardear o Zoom e atacar as vítimas com atividades maliciosas.

Já não é a primeira vez que os dados dos utilizadores do Zoom são divulgados. Recentemente, milhares de Zoom Meeting Recordings foram carregados na Internet.

Esta é uma plataforma não recomendada nesta altura. A Zoom já foi banida tanto por governos como por outras empresas tecnológicas, entre as quais a Google e a SpaceX.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *