in

Nirvana processados por pornografia infantil devido à capa do álbum “Nevermind”

Spencer Elden, fotografado em bebé para a capa de um álbum dos Nirvana, interpôs uma ação em tribunal, onde acusa a banda de exploração sexual infantil e pornografia infantil, devido à utilização da sua imagem na capa de “Nevermind”, em 1991.

O homem que apareceu em bebé na capa do álbum Nevermind dos Nirvana acusou a banda de “exploração sexual” num processo de quase 130 mil euros, avançou esta terça-feira o TMZ.

Spencer Elden tem agora 30 anos e quer processar os membros da banda, afirmando que não daria consentimento para aparecer na capa do álbum de 1991. A famosa imagem mostra um bebé despido a flutuar numa piscina.

Nevermind é um dos discos mais vendidos de sempre, com mais de 30 milhões vendidos em todo o mundo.

Mas agora, Elden afirma que a banda violou as leis federais de pornografia infantil ao usar a foto e acusa a banda Nirvana de exploração sexual, de acordo com o TMZ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *