in

Turista ‘obrigado’ a fazer voo de asa-delta pendurado por uma mão

Chris Gursky, um turista norte-americano de visita à Suíça, decidiu fazer o batismo de asa delta no primeiro dia de férias, mas a viagem acabou por se tornar numa aventura mais radical do que o esperado.

O piloto esqueceu-se de prender Chris à Asa Delta e o que se passou nos dois minutos e 14 segundos seguintes foi aquilo a que Gursky apelidou de “a experiência mais próxima da morte”.

Em vários momentos é possível perceber que a Chris apenas lhe resta agarrar o ferro da Asa Delta com toda a força para não morrer. Com apenas uma das mãos acabou por conseguir manter-se agarrado praticamente até à aterragem.

Como resultado da viagem o turista oriundo da Florida acabou por rasgar o tendão do bícep esquerdo e foi sujeito a uma cirurgia no pulso.

Gursky revela que o piloto fez tudo para o manter “em cima” da Asa Delta, depois de se aperceber que algo estava errado. Em declarações à imprensa britânica, Chris diz que chegou a temer o pior. “Lembro-me de olhar para baixo e pensar, é agora. Estava a perder a força na mão direita”, atirou.

O piloto acabou por sofrer algumas fraturas e também rasgou o tendão do bícep esquerdo. Uma viagem que tinha tudo para ser memorável, tornou-se inesquecível pelas piores razões.

O ponto mais sortudo de sempre num jogo de Ping Pong

O ponto mais sortudo de sempre num jogo de Ping Pong

O fim da Internet? Nova lei pode acabar com o YouTube, Instagram e Facebook