in

Pulseira inteligente monitoriza pacientes epilépticos durante a noite

Os pacientes que sofrem de epilepsia resistente à terapia já podem dormir descansados. Há uma nova pulseira inteligente, chamada Nightwatch, que avisa os seus utilizadores em caso de convulsão epiléptica noturna – que pode ser fatalmente perigosa – e alerta uma equipa médica para a potencial emergência.

A pulseira inteligente funciona com a combinação de dois sensores: um de frequência cardíaca, baseado em batimentos anormalmente acelerados, e outro de movimento que deteta o estremecer rítmico típico de uma convulsão. Após registar os sinais, a Nightwatch envia o alerta diretamente para um aparelho recetor – que pode estar noutra sala – e que, por sua vez, o reencaminha para a estação base, onde é recebido por uma equipa de urgência e de enfermeiros.

O dispositivo foi desenvolvido por uma equipa de investigadores da Universidade Tecnológica de Eindhoven, na Holanda, e que resultou num estudo publicado na revista científica Neurology. O Centro de epilepsia de Kempenhaeghe, a Fundação para Instituições de Epilepsia na Holanda (SEIN), UMC Utrecht e o Fundo de Epilepsia são as restantes entidades do consórcio que permitiu o desenvolvimento do sistema inteligente.

Caixa de multibanco inaugurada com a benção de padre

Idosos de Barcelos vestem-se como os “Xutos”, e cantam “Maria”