in

Centenas de polícias juntaram-se em homenagem a agente da PSP que morreu em Lisboa

Cerca de duas centenas de polícias marcaram presença numa vigília em homenagem ao agente que morreu esta segunda-feira, vítima das graves lesões cerebrais que sofreu após ser agredido à porta de uma discoteca de Lisboa.

Fábio Guerra, o agente da PSP de 26 anos que foi agredido no último fim de semana, quando tentava impedir desacatos à porta de uma discoteca em Lisboa, morreu ontem de manhã vítima das graves lesões cerebrais que sofreu.

Ontem à noite, em frente à esquadra da PSP em Alfragide à qual pertencia Fábio Guerra, mais de 200 polícias juntaram-se para uma homenagem ao agente que faleceu depois de ter sido violentamente agredido na madrugada de sábado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.