in

Freira acusada de desviar 360 mil euros

Idalina Jacinta, que foi freira durante 42 anos, é agora acusada pela Justiça de desviar quase 360 mil euros – 340 mil em dinheiro o restante em bens – do Centro Social e Paroquial de Cerejais, em Alfândega da Fé.

Segundo o Ministério Público, cometeu os crimes entre 2007 e 2010, quando trabalhava na tesouraria.

Entre os bens roubados estão mobílias, eletrodomésticos, louças, perus, galinhas, patos e até um pavão.

A idosa, acusada de quatro crimes de peculato, deu entretanto uma entrevista à TVI negando ter desviado mais de 300 mil euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Árbitra FARTA-SE DOS INSULTOS e para o jogo para EXPULSAR ADEPTO

Este homem é um mestre na arte de fazer sombras