in

Sem poluição, alforreca é vista num dos canais de Veneza

Durante a pandemia do COVID-19 que levou o governo italiano impor medidas de isolamento social, as águas dos canais de Veneza ficaram mais cristalinas e receberam a visita de uma alforreca.

O biologo Andrea Mangoni captou o momento e partilhou-o com o mundo.

Ver esta publicação no Instagram

A volte basta cambiare il proprio punto di vista, per ammirare un fantasma muoversi attraverso i palazzi veneziani. Complice l'eccezionale calma dei canali di Venezia dovuta all'assenza delle imbarcazioni, questa medusa polmone di mare (Rhizostoma pulmo) nuotava nelle acque trasparenti vicino al ponte dei baretteri, e sembrava scivolare attraverso il riflesso dei palazzi, incredibilmente immobile. Buona Pasquetta a tutti! **** PS sto preparando su richiesta di molti un secondo video su Venezia e la vita nei suoi canali. Stay tuned!

Uma publicação partilhada por Andrea Mangoni (@andrea.mangoni) a

O episódio só foi possível porque a a maré baixa e a redução dos barcos em Veneza aumentou a transparência da água, o que está a permitir uma observação única.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Como é um dia normal na vida de um Cirurgião Cardiologista

Aula de Educação Física na Telescola está a dar que falar