in

Padre italiano morre depois de recusar ventilador e o oferecer a doente mais jovem

O padre italiano de 72 anos, Giseppe Berardelli, morreu no passado domingo em Lovere, Itália, depois de ter cedido o seu ventilador para que doentes mais novos, infetados com o novo coronavírus, pudessem ser salvos.

O sacerdote rejeitou um ventilador que lhe foi comprado pela paróquia quando foi internado por estar infetado com o novo coronavírus e preferiu dá-lo a um doente mais novo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ronaldo e Mendes fazem doação milionária a hospitais de Lisboa e Porto para combate ao coronavírus

Empresa cria ventiladores utilizando as máscaras de mergulho da Decathlon